Domingo, 21 de fevereiro de 2016 às 10:44 em Meditação Pessoal
O PECADO DO JEJUM E DA ORAÇÃO.

Ouvindo uma emissora de rádio local, me deparei com um apresentador que oferecia "orações" e objetos que ao serem praticadas "tocariam o coração de Deus" e ele traria cuidados e prosperidade ao praticante. Claro que isso terá um preço simbólico de R$ 100,00 com remessa grátis.

Infelizmente não é só em programa de rádio que vemos manipulações do tipo, isto, porque não é raro percebermos que os papéis de Deus se invertem e os que O deveriam adorar, se consideram como que no direito de serem servidos, não por mordomos, garçons e serviçais, mas, por nada menos do que Deus, afinal ele é só o criador do universo!

Não sou a favor de campanhas de jejum e oração, porque as pessoas normalmente os praticam com segundas intenções. Sempre querem algo em troca de seu “sacrifício”.

Deus não quer nosso sacrifício e não se deixa manipular por aqueles que querem apenas seus benefícios, antes, ele quer nossa comunhão plena, num relacionamento verdadeiro, constante e eterno. O sacrifício que era necessário para que tivéssemos plena liberdade de adentrarmos na presença de Deus foi único e suficiente – que é a morte de Jesus Cristo, com morte de cruz e ressurreição. Sem ele não há a condição de plenitude de vida na presença do Pai.

Se algum dia, você desejar praticar o jejum, que o seja apenas com o propósito de adoração. Se tiver algum outro propósito, esqueça.

Já a oração não é um ritual mágico ou fórmula que servirá de trampolim para a realização de seus propósitos pessoais. A oração é uma via de duas mãos onde temos o privilégio de falar com Deus e outro maior ainda de ouvi-Lo. É sim, um elo de relacionamento, onde o propósito maior é a contemplação e não o derramamento de seus problemas no altar. Deus conhece suas necessidades, antes mesmo de você e a oração não é um momento de lamentação, mas, de prazer.

Mude seu jeito de orar e fortaleça-se com a presença daquele que te oferece vida e vida em abundância.

Elcias Costa

www.radiobrgospel.com

 

contato@radiobrgospel.com

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE