REDES SOCIAIS – MOTIVAM O QUÊ?
13/09/2016 - 8h26 em Meditação Pessoal

As redes sociais aproximam pessoas mesmo sem colocá-las juntas fisicamente.

 

Essas pessoas têm vidas diferentes; vivem em ambientes diferentes, com atitudes diferentes, com fé e objetivos diferentes e, o que é importante para uns, não é importante para outros.

Em apenas uma semana, postaram duas cenas gravadas mostrando assassinatos. Num primeiro caso, um motociclista para num semáforo e logo em seguida se aproxima outra moto com dois rapazes e o garupa simplesmente aponta uma arma na cabeça do primeiro por trás e atira. Saem como se não tivessem feito nada, tranquilos, “sem culpa”, sem levar absolutamente nada, além da vida do primeiro rapaz. Num outro dia, a cena era de uma moça toda machucada por maus tratos, que recebe vários tiros, como num filme em que a vida não vale absolutamente nada.

Cenas de pessoas maltratando animais também têm sido constantes e tenho certeza de que só vêm provocando ainda mais ira e revolta.

Estes sentimentos se alastram e o amor parece algo inatingível, frio, sem sentido, inexistente, um faz de conta de filmes românticos, que muitos já não assistem, por não ter ação!

E assim, caminha a humanidade...

A Bíblia, em suas páginas também traz cenas sangrentas e sem amor algum, porém, podemos ler com conteúdo a experiências de pessoas que compartilharam este sentimento com o Criador do Universo. Deus, interage ainda hoje e ressalta a importância do amor, não como um faz de conta, mas, como sua própria essência. Se a humanidade continua com histórico de ódio, rancor, sangue, muito sangue, caos, é por falta de usufruir desta essência.

“E o amor se esfriará” diz a Bíblia há mais de dois mil anos e a cada dia se torna mais real.

O que esperar do nosso futuro tão presente?

www.radiobrgospel.com

 

Elcias Costa – contato@radiobrgospel.com     

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE